Promotor de vendas

O papel do promotor de vendas

Qual é a importância do Promotor no varejo de alimentos?

E, para explicar sobre isso, nosso CEO, Carlos Wayand, que tem 30 anos de experiência no varejo, teve uma conversa com Wilson Souza do Bluesoft Podcast! Se quiser conferir na íntegra o episódio, é só clicar AQUI mas se quiser um breve resumo desse papo, continue lendo.

Antes de mais nada, vamos voltar no tempo e entender um pouco mais sobre como a profissão de promotor de vendas começou, como o próprio nome indica o objetivo dele era promover a marca dentro de um ponto de venda. Assim, o trabalho era focado em promover a experimentação, apresentar e demonstrar as funcionalidades [1] do produto.

As indústrias começaram a observar que se o promotor de suas marcas fizesse a reposição eles conseguiam aumentar seus lineares, conseguiam uma área de exposição privilegiada e pontos extras.

Com o passar do tempo, e as pressões do varejo para melhorarem seus resultados margem, foram gradativamente reduzidos a sea mão de obre dedicada a reposições e deixando esta atividade cada vez mais ao encargo das indústrias.

Com o passar do tempo algumas variáveis vieram a afetar esta situação, a primeira dela foi a expansão das redes, cada vez mais lojas, só que a venda das indústrias não aumentava, só existia uma divisão maior de pontos de venda, para equilibrar esta conta.

Os promotores fixos, viraram os promotores de rotas e hoje uma grande massa de promotores compartilhados atendem as lojas.

Mas na minha avaliação a variável que mais afetou foi a entrada da tecnologia, hoje os promotores realizam suas atividades com smartfones, reportando para os fornecedores e agências várias informações, quase viraram pesquisadores em alguns casos 20% do seu tempo em loja e tomado por coleta de informações.

Uma modalidade que acredito que funcione bem é o promotor compartilhado fixo em loja, pois o varejo passa ater um recurso em sua loja dedicado a reposição, as indústrias passam a ter sempre o cuidado com os seus produtos e existe um ganho muito importante de custo, pois hoje o deslocamento tem pesado muito na conta e para as agencias a gestão fica muito mais fácil.

Este modelo é o ideal pois promove o ganha a ganha para todos na cadeia de abastecimento das lojas.